ESPOSENDE E O SEU CONCELHO


quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Santa Casa da Misericórdia de Fão celebrou os 416 anos com Qualidade

Santa Casa da Misericórdia de Fão celebrou os 416 anos com Qualidade

A Santa Casa da Misericórdia de Fão (SCMF), celebrou no passado domingo dia 04 de dezembro os seus 416 anos.
Para assinalar esta data, promoveu uma sessão solene, onde recebeu das mãos de José Leitão (CEO da APCER) o Certificado de Qualidade que vem confirmar que esta unidade de saúde (Hospital de Fão) é uma referência nos cuidados que presta à população.
Para o provedor Celestino Morais "a implementação a que procedemos resultou de um trabalho conjunto efetuado ao longo de cinco anos e que mereceu a colaboração de todos". Para o Diretor Clínico do Hospital Dr. Custódio Costa, visivelmente emocionado, “qualidade na saúde e implementar regras e procedimentos, racionalizar meios, definir funções, avaliar prestadores, satisfazer clientes”.
O presente mais desejado que esta instituição do concelho de Esposende poderia ter recebido neste aniversário deveria vir das mãos do Estado, uma vez que, garante o provedor "a SCMF não vai desistir até conseguir obter por parte do Estado um acordo com a ADSE". O provedor referiu que há clínicas sem o mínimo de condições com este acordo firmado.
Frisou que "com o hospital classificado como unidade com qualidade, que razão invocará o colégio para recusar o pedido?" 

Ainda no discurso, foi enaltecido o gasto, do próprio bolso da instituição, de um milhão e meio de euros num novo bloco operatório, na urgência e endoscopia com sedação. A SCMF tem para 2017 um orçamento de 6,6 milhões de euros e conta com 336 profissionais a seu cargo (empregados e prestadores de serviços).

“Esposende Verão 2016”

Negócios em Esposende subiram 20% no verão de 2016 

250 pessoas foram contratadas, devido à excecionalidade da época balnear

Esposende está acima da média de crescimento nacional, revela um estudo recentemente publicitado pela Associação Comercial e Industrial do Concelho de Esposende (ACICE). Os resultados confirmam o quão assertivas têm sido as opções da Câmara Municipal de Esposende, conciliando a programação de verão com a dinâmica comercial local. A provar esta tese está o facto de o mês de julho ter sido aquele que registou o maior aumento do volume de negócios, precisamente porque o Município alargou a esse mês a sua programação de verão.
Para além da importância que estes dados refletem na economia local, deve atender-se a um fator social de maior importância. Os empresários entrevistados dizem ter contratado mais empregados, por via do aumento da procura e, apesar de sazonal, 250 pessoas foram contratadas, tendo 20% dos empresários revelado intenção de manter esses novos trabalhadores.
O estudo foi efetuado junto de 115 empresas associadas da ACICE que atuam na área da hotelaria e restauração, comércio alimentar e não alimentar, confirmando as “tendências” trazidas à evidência pelos agentes que atuam no concelho de Esposende. Os dados revelam o crescimento de 20% no volume de negócios, durante a época balnear de 2016.

Marçal Grilo na Feira do Livro de Forjães

O Prof. Doutor Marçal Grilo, ex-ministro e ex-administrador da Fundação Calouste Gulbenkian, fundador da Rede de Bibliotecas Escolares, estará presente no Sarau da Feira do Livro, a realizar na próxima sexta-feira, dia 9, no Polivalente da Escola Básica de Forjães. 

Queremos a regularização das terras de Santa Rosa (MA)


 | Anistia Internacional |
http://escrevapordireitos.anistia.org.br/#events

 Celular e batom, o que têm em comum? A #Carnauba de extrativismo. Regularize #SantaRosa #EscrevaPorDireitos 
• Velas e cosméticos, o que têm em comum? A #Carnauba de extrativismo. Regularize #SantaRosa #EscrevaPorDireitos 
• Chip de celular e velas, o que têm em comum? A #Carnauba de extrativismo. Regularize #SantaRosa #EscrevaPorDireitos



terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Centro de Informação Turística de Esposende

Centro de Informação Turística de Esposende apresenta “Exposição de Presépios” 
de 7 a 31 de dezembro
O Centro de Informação Turística (CIT) de Esposende vai acolher, a partir de amanhã e até ao final do mês, uma exposição de “Presépios de Natal”.
A mostra integra peças da autoria de vários artesãos oriundos do concelho e de outras localidades minhotas, que mensalmente participam na Feira de Artesanato de Esposende, nomeadamente Madalena Veiga, Fernanda Alves, Fernando Rodrigues, António Paulo, Maria de Lurdes Ferreira, Luísa Queiroga, Maria Cândida Sampaio da Cruz e Celestino Silva.
A exposição reúne, assim, um vasto conjunto de presépios muito diversificados ao nível de técnicas e materiais utilizados, tais como o barro, a madeira, o granito, entre outros.

De LUÍS EIRAS


4.ª jornada do Campeonato Concelhio de Futebol Infantil


MENSAGENS POPULARES